Materiais Recicláveis e Não Recicláveis | Separando o lixo nas unidades

A iniciativa para um condomínio mais sustentável começa individualmente. No caso da coleta seletiva, os moradores podem separar seu lixo dentro das próprias unidades antes de descartar nas lixeiras. Para ajudar no assunto separamos uma lista com os principais materiais recicláveis e não recicláveis.
-> Recicláveis

– Entre os metais: latas, tampinhas, panelas sem cabo, arame, chapas, pregos, papel alumínio limpo e aerossóis;

– Entre os plásticos: copos, embalagens pet, sacolas, canos, tubos, canetas e potes;

– Entre os vidros: vidros de conserva, embalagens, frascos, copos, cacos dos objetos permitidos e garrafas;

– Entre os papéis: livros, revistas, jornais, folhas de caderno, caixas, envelopes, cartazes e papel cartão.

-> Não recicláveis

– Entre os metais: grampos de cabelo, palha de aço, embalagens de inseticidas e embalagens de solventes ou verniz;

– Entre os plásticos: isopor, cabos de panela, espuma, bandejas de comida, acrílicos e embalagens metalizadas;

– Entre os vidros: vidro temperado, louças, óculos, cerâmicas, porcelanas, objetos de tecnologia e espelhos;

– Entre os papéis: papel higiênico, plastificados, papéis com gordura, adesivos, papéis com parafina, guardanapos, bitucas de cigarro, fotos, papel celofane e papel carbono.

Estando ciente do melhor destino para cada tipo de material, fica mais fácil implementar uma coleta seletiva e trazer a iniciativa verde para o condomínio começando dentro de casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *